terça-feira, 24 de maio de 2016

Madson Paulino é apontado como suposto sucessor do prefeito Celso Luiz em meio aos escândalos de corrupção envolvendo governo e oposição.

Correndo por fora, segue Valmir Godoy que até o momento, ao contrário de outros opositores as famílias Malta e Mariano que vendiam a imagem de defensores dos “fracos e oprimidos”, acabaram se aliando justamente a quem tanto recriminavam.

Por: Redação
Crédito: Divulgação/Facebook

A quem acredite que tudo não passa de um acordo político entre o ex-prefeito Zé Hermes e o atual prefeito Celso Luiz para devolver a Prefeitura de Canapi as mãos da Família Mariano, desta vez, representada por Vinícius Mariano, filho e neto dos ex-prefeitos; Zé Hermes e Zé Mariano respectivamente, que por sinal, nunca morou de fato neste município e se quer administrou qualquer coisa em sua vida profissional ou social, por tudo isso, não seria nada absurdo a confirmação de tais suspeitas tendo em vista que na eleição passada as histórias mau contadas da tomada de partido e da falsa candidatura do ex-prefeito Zé Mariano a sucessão do então prefeito Zé Hermes, levantam até hoje fortes suspeitas que a quebra da aliança entre prefeito e ex-prefeito na verdade nunca existiu. Desta forma, Madson Paulino, ex-secretário de Agricultura e de Transportes e atual presidente do STTR – Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, entraria nesta disputa como mero “laranja” do atual governo, afinal, mesmo com tantos processos a que responde na justiça, inclusive os decorrentes da famosa Operação Taturana, Celso Luiz não estaria impedido de disputar a reeleição com base na Lei da Ficha Limpa, visto que o mesmo até hoje não sofreu nenhuma condenação em segunda instância, ou mesmo por um colegiado de juízes, conforme estabelece como critério de impedimento a referida lei, ao contrário do ex-prefeito Zé Hermes condenado a 12 anos de prisão por um colegiado de juízes do TRF da 5º região do Recife/PE por envolvimento na Operação Gabirú que constatou desvios de recursos públicos destinados para compra de merenda escolar em vários municípios alagoano.

Mas embora a quem sustente tudo isso, a também os que negam veementemente que não existe de forma alguma qualquer tipo de acordo entre os líderes das duas famílias que há 54 anos se reversam no poder deste sofrido município e que Madson Paulino é de fato o pré-candidato a prefeito indicado pelo Prefeito Celso Luiz, o qual não disputaria a reeleição pois estaria desgastado politicamente tendo em vista os últimos escândalos relativos a “supostos” desvios de recursos públicos da previdência municipal e dos precatórios do antigo Fundef conforme denuncias do SINDSCAN. Por outro lado, Celso Luiz tem crédito de muitos eleitores pelas diversas obras realizadas por todo o município, sendo assim, Madson Paulino atrairia os votos dos eleitores que apesar de reconhecer a importância das obras realizadas pelo atual governo para o desenvolvimento do município, não votariam pela sua reeleição. Mas engana-se que o nome de Madson Paulino em detrimento de uma provável desistência do atual prefeito a reeleição seja consenso entre o grupo político do prefeito Celso Luiz, segundo correligionário do atual governo, outros dois nomes mais próximos do prefeito também são cogitados como seus possíveis sucessores, são eles, Agnelo Baltazar, atual Procurador do Município e Luciano Malta – Presidente da Câmara Municipal de Vereadores, ambos primos do prefeito, que seriam lançados para dar continuidade a permanência da família “Malta” no poder.

Por fim, não se pode esquecer de outro nome nesta disputa, afinal, Valmir Godoy mesmo contido as “folclóricas” aparições públicas antecipadas ao período eleitoral, ainda não fechou aliança como outros opositores ao prefeito e ao ex-prefeito que vendiam a população a imagem de defensores dos “fracos e oprimidos” pelas famílias Malta e Mariano a quem tanto recriminavam, mas acabaram se aliando.





Clientes contemplados do mês de Maio/2016 da Eletropetromotos em Canapi, Tupanatinga, Manarí, Itaíba e povoado Negras.

NA CIDADE DE CANAPI/AL
Grupo: 326
Cota: 18
Cliente: Margarida Josefa Ferreira
Contemplação:  01 Honda CG 125 KS

Grupo: 419
Cota: 28
Cliente: Adelmo Lima Gomes
Contemplação: 01 Honda CG 125 KS


NA CIDADE DE NEGRAS Itaíba/PE
Grupo: XXX
Cota: 30
Cliente: João Carlos da Silva
Contemplação: 01 Honda Pop 100

Grupo: XXX
Cota: 23
Cliente: Josefa Ana de Oliveira
Contemplação: 01 Honda Pop 100


NA CIDADE DE TUPANATINGA/PE
Grupo: XXX
Cota: 44
Cliente: Silvio Elisário Carvalho
Contemplação: CG 150 FAN ES

Grupo: XXX
Cota: 20
Cliente: Maria Júlia da Silva
Contemplação: 01 Honda Pop 100

Grupo: XXX
Cota: 15
Cliente: Germana Maria Soares
Contemplação: 01 Honda Pop 100

Grupo: XXX
Cota: 35
Cliente: Damião Pereira da Silva
Contemplação: 01 Honda Pop 100


NA CIDADE DE MANARÍ/AL
Grupo: XXX
Cota: 37
Cliente: José Alves dos Santos
Contemplação: 01 Honda Pop 100


NA CIDADE DE ITAÍBA/PE
Grupo: XXX
Cota: 37
Cliente: Maria Gonzaga da Silva 
Contemplação: 01 Honda CG 125 KS

Grupo: XXX
Cota: 32
Cliente: José Clóvis da Silva (Bananinha) - Povoado Girau
Contemplação: 01 Honda Pop 100

Grupo: XXX
Cota: 45
Cliente: Antônio Djaci Rodrigues Machado - Sitio Riacho Seco
Contemplação: 01 Honda Pop 100


Próximo sorteio será no dia 16 de Junho de 2016 as 18:30hs em Itaíba para Manarí e geral e 17 de Junho de 2016  ás 08:00hs no Povoado Negras e as 09:00hs no centro da cidade de Canapí/AL .


Boa sorte a todos!

ELETROPETROMOTOS SEU SONHO NA DIREÇÃO CERTA!!!


Confira aqui os sorteios anteriores:

Abril/2016

domingo, 22 de maio de 2016

Palestras nas escolas, Blits, Passeata e Audiência pública - Saiba como foi a Semana Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Canapi.

Campanha em alusão ao tema foi uma iniciativa da Rede Municipal de Proteção Guardiões da Infância que contou com o apoio do CRAS e do Cactus/Visão Mundial que conseguiu mobilizar toda rede municipal e estadual de ensino, bem como as autoridades locais a debater quais as propostas e os desafios que precisam ser superados para garantirmos proteção e efetivação dos direitos das crianças, adolescentes e jovens do município.

Por: Redação
Créditos: Ascom/Canapi 
Divulgação/WhatsApp

A Visão Mundial é uma organização não-governamental humanitária cristã que atua em mais de 100 países. Está presente no Brasil desde 1975, onde investe em programas de desenvolvimento transformador sustentável, principalmente no nordeste do país, no Vale do Jequitinhonha, na Amazônia e nas regiões metropolitanas.

O foco do trabalho da Visão Mundial são as crianças. Mas a organização acredita que para garantir-lhes um futuro melhor é preciso criar alternativas de desenvolvimento para as famílias e para as comunidades nas quais elas estão inseridas.

Em Canapi a Visão Mundial se faz presente através do CACTUS – Centro de Apoio Comunitário de União a Senador, sediado no município de São José da Tapera/AL, uma organização sem fins lucrativos de promoção ao Desenvolvimento Social que tem por missão a inclusão de homens e mulheres, através do desenvolvimento de atividades culturais, educativas e de desenvolvimento sustentável, estimulando à cooperação, a solidariedade, a mobilização social e a auto-ajuda entre as organizações, comunidades e pessoas filiadas.

Sabemos que a violência contra a criança e o adolescente tem estado cada vez mais presente na vida cotidiana. Vinculada à estrutura social, econômica e política em que as pessoas estão inseridas, trabalham e se relacionam, a violência traz sérias consequências para a saúde e a qualidade de vida não apenas de crianças e adolescentes, mas de toda a coletividade. Violências contra a criança e o adolescente são uma grave violação dos seus direitos fundamentais definidos por lei na Constituição de 1988, em acordo com a convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, e regulamentados no Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA (1990). Este determina que "nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão", sendo "dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente".

Mas apesar do Estatuto da Criança e do Adolescente está para a sociedade com um instrumento de combate a violação dos direitos da criança e do adolescente, os índices de violência física que envolvem nossas crianças e adolescentes são cada vez mais alarmantes, principalmente os crimes relacionados a abuso e exploração sexual.

De acordo com o Disque 100 em 2015 foram 324.892 e 270.801 denúncias encaminhadas aos órgãos responsáveis. Destes, 137.516 atendimentos foram a respeito de violações de direitos humanos. O serviço recebeu, em média, 376,7 denúncias por dia. Os dados foram divulgados em Janeiro deste ano, em Brasília, pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. A maior parte das denúncias diz respeito a crianças e adolescentes. O serviço telefônico recebeu no ano passado 80,4 mil denúncias de abusos contra menores de idade. 

Diante dos dados alarmantes que denunciam a vulnerabilidade a que estão expostas as crianças e adolescentes deste país, enquanto organizações que lutam pelo bem estar Infanto-Juvenil e o empoderamento das comunidades em torno da efetivação dos seus direitos, a Visão Mundial e o Cactus instituíram a Rede Municipal de Proteção Guardiões da Infância composta por várias entidades locais governamentais e não governamentais unidas por um só objetivo: Trabalhar em defesa da vida na garantia dos direitos da criança e do adolescente, através das Políticas Públicas de Saúde, educação, lazer, transporte, esporte, religião entre outras, com a missão de Proteger as crianças e adolescentes no cumprimento das leis, visando reduzir os altos índices de violações de direitos no município.

E foi assim através das discussões levantadas nas reuniões da Rede Municipal de Proteção que a Semana Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no município de Canapi, Alto Sertão Alagoano começou a ganhar forma,  e pela primeira vez em toda sua história, duas grandes ações impactaram a sociedade canapiense.

A primeira delas, visando atingir o maior de pessoas  possível , a Rede Municipal de Proteção Guardiões da Infância em parceria com o MJPOP – Movimento Jovem de Políticas Públicas chamou pra ação toda a Rede Municipal e Estadual de Ensino a trabalhar o  tema COMBATE AO ABUSO E A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES durante  a semana de 16 a 20 de Maio do corrente do ano, lançando como proposta para culminância do projeto a realização de grandes passeatas  tanto na cidade quanto nos principais e maiores povoados do município (Furquilha, Carié e Capiá ), dentre as quais apenas a escola  do povoado Furquilha não realizou a passeata optando por um seminário de igual relevância sobre o tema.

Já a segunda grande ação, considerada, dita e repetida inúmeras vezes participantes como um marco histórico no município, foi a realização de uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Vereadores com a participação da sociedade, representada pelos integrantes do Fórum Comunitário da Agricultura Familiar apoiados pelo Cactus/Visão Mundial e das lideranças jovens dos grupos de MJPOP das comunidades da área de atuação do programa, funcionários públicos, autoridades, e populares em geral que também se fizeram presente para opinar e ouvir dos vereadores e das autoridades locais ligadas diariamente a causa da infância e da adolescência quais as propostas e os desafios que precisam ser superados para garantirmos proteção e efetivação dos direitos das crianças, adolescentes e jovens do município.

Outra grande ação de igual relevância mais  que já ocorre todos os anos em alusão ao 18 de Maio, foi a realização de uma Blits durante a Feira Livre exatamente no dia 18, onde se fizeram presentes o CRAS, a Secretaria Municipal de Assistência Social, o MJPOP e a equipe do Cactus/Visão Mundial, adesivando  veículos e fazendo panfletagem.











































  

































LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.