.

Carregando...

.

.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Eles conseguiram!

Atividades do Blog Canapi Agora são retomadas, mas principal linha de atuação acaba aqui.

Por: Marcio Martins

Intimidação, ligações anônimas, ameaças pessoais, entre outras coisas viraram rotina na minha vida de blogueiro nos últimos dias, não que em outros momentos eu já não tenha passado por isso desde a criação do Blog Canapi Agora, só que desta vez a intensidade foi bem maior. A covardia e o autoritarismo atingiu minha família. Não vou entrar em detalhes para não causar mais polêmica, pois ao final da leitura deste texto vocês irão entender o significado deste desabafo e da triste despedida da principal linha de atuação de um trabalho sério, competente, étnico e imparcial, cujo o foco sempre foi defender os direitos da população canapiense.

Pois bem; infelizmente a lei da mordaça, o voto de cabresto e todos os outros meios que conceituam “resquícios de coronelismo” ainda maltratam esta terra, um dia chamada de Cavalo Morto, mas que na verdade era o nome de uma fazenda, e vejam que coincidência, logo uma fazenda, onde em nosso contexto histórico escravocrata os coronéis mandavam, desmandavam e infelizmente em adaptação a modernidade continuam mandando até hoje. Pelo menos é o que tenho visto durante os meus 29 anos de vida, pois em pleno século XXI os políticos da nossa amada terra ainda tratam a prefeitura como o quintal das suas residências. Mas como poderia ser diferente? Entra governo, sai governo e o que muda é apenas o primeiro nome, pois o sobrenome sempre é o mesmo e as atitudes semelhantemente nocivas a sociedade. Democracia! Liberdade de Expressão! São palavras que estes senhores conhecem muito bem, e justamente por entender seu significado, tentam esmagar e as aniquilar do pensamento dos que tentam exercê-las em sua plenitude.

Contudo, havemos de concordar que pelo menos na hora de votar, a democracia é posta em prática, por esse motivo, se ainda sofremos humilhações políticas é justamente porque ao confirmar o voto nos mesmos políticos de sempre ou em seus descendentes, estamos aprovando suas atitudes coronelistas. Em resumo, o povo tem o governo que merece e que escolhe nas urnas.

Quando criei o Blog Canapi Agora em 13/03/2011, meu principal objetivo era justamente dar vez e voz ao povo sofrido deste sertão, levando a verdade por trás da pose e da fama de “heróis do sertão” que a política injustamente, como sempre, proporcionou aos lideres políticos desta região. Injustamente porque neste país, assim funciona a política, sua regra é a inversão de valores e de caráter, onde aquele que surrupia a coisa pública é o herói da vez e o que ousa lhe confrontar, revelar seus podres, é o vilão, perseguidor do “homem bom” que tanto ajuda o povo comprando sua dignidade e seu caráter, comprando justamente com o que já é do povo por direito, mas que esse mesmo povo não reconhece como seu, porque simplesmente não volta para o seu bolso diretamente como aqueles 20 ou 30 reais que são dados nas filas das humilhações nas raras vezes em que os eleitos para administrar o município pisam os pés onde deveriam está freqüentemente, mas que só aparecem em época de eleição ou quando vêem que é a hora de voltar ao “quintal de sua fazenda” para calar R$... R$... R$... a boca dos “revoltados” com o caos gerado no município por falta de uma administração de verdade, que se preocupa com as pessoas e com o desenvolvimento da terra que lhe rendeu riqueza e poder.

Infelizmente em Canapi sempre foi assim, não é exclusividade deste ou daquele governo, mas digo sem medo de errar, se por quase todo Brasil a política funciona assim, em Canapi é muito pior, pois se não posso expressar minha indignação com a triste realidade do meu município, como posso ter a ousadia de falar contra a corrupção que assola este país?

Em três anos e meio como blogueiro recordista de acessos e ganhador de prêmios na área, pude perceber muitas distorções entre o correto e o conveniente, isso porque o correto deveria ser o conveniente, mas aqui não é assim, o errado é o mais conveniente. Quando na gestão anterior eu denunciava as picaretagens políticas da época, uma parte da população elogiava meu trabalho e eu pensava que aquilo era verdadeiro, mas que grande engano, na verdade aquelas pessoas eram em sua ampla maioria simplesmente os adversários políticos do prefeito, inconformados de estarem fora do governo, porque como dizemos por aqui, não estavam “comendo também”. Veio então como eu falei anteriormente a mudança de nomes apenas, entrara outro gestor, e adivinhem! Agora os que batiam as minhas costas e parabenizavam meu trabalho eram justamente os que antes me xingavam por denunciar os absurdos da administração do cara que os pagava para ser “Chumbetas”. E o mais interessante, os que passaram a ser meus críticos eram justamente os que me parabenizavam quando ainda não tinham ganho o tão concorrido título em negrito.

Mas até ai tudo bem, com o passar dos anos fui aprendendo a lidar com esse tipo de gente, mas o que mais me desestimulava era a falta de reconhecimento e ingratidão de boa parte da população, que mesmo não reconhecendo a importância do meu trabalho, ficavam me estimulando a continuar combativo, como “testa de ferro” de sua omissão e covardia.

Sempre abri espaço no blog para divulgação de quem quer que fosse oposição, situação, sindicato, enfim, para qualquer um que desejasse divulgar seus feitos e denuncias também, claro que desde que pagasse pelo espaço, afinal não teria como manter o blog atualizado sem nenhum retorno para cobrir todas as suas despesas. Nunca e jamais o pagamento do espaço no blog foi motivo para esconder as irregularidades cometidas pelos divulgadores, a maior prova disso, era a própria Prefeitura Municipal, que embora pagasse o espaço, nunca deixou de ser denunciada quando necessário.

Sempre fugi das negociatas espúrias da política, poderia ter até feito acordo para mesmo trabalhando em outra cidade, em outro emprego, permanecer concursado recebendo sem trabalhar como muita gente que conheço, mas recusei porque é como eu sempre digo; “A gente tem que ser o que fala e fazer o que diz”, mas sou apenas um em meio a milhares que pensam diferente, toda via, o que tenho visto em Canapi é a grande maioria da população correndo atrás de vantagens pessoais dos políticos, sem se importar o mínimo com os problemas coletivos. Prova disso, são os resultados das eleições. Por aqui ninguém ganha eleição se não tiver pelo menos 150 mil reais para vereador e no mínimo três milhões para prefeito para comprar de votos, depois o resultado disso todos nós sabemos. Mas quem está preocupado com isso? O que vale é o emprego contratado de 300,00 para receber quando o prefeito quiser pagar, a linha de estudante que não paga nem a manutenção dos veículos, a “gratificação por “chumbetismo”, os acordos para não trabalhar e só ficar recebendo, enfim ... Não importa se a cidade não tem médico, se a farmácia popular não tem remédio, se as ambulâncias estão quebradas, se falta merenda, se não tem professor qualificado, sem os pagamentos dos funcionários estão atrasados, se o comércio está falindo, se tão metendo a mão no dinheiro público descaradamente... Quem se importa?

Quem se importa se pelo menos teremos alguém com coragem pra denunciar tudo isso? Qual o verdadeiro papel dos que se dizem oposição? Fazer vídeo as vésperas da eleição dizendo que tem um projeto bonito para 2016? Visitar a casa do povo para fazer farra, contar mentiras e depois desaparecer do mapa após a conquista dos votos que lhe renderam frutos?

Não! Definitivamente este não é o papel de uma oposição que diz ter querer um dia fazer esta terra voltar a sorrir, quando ela nunca sorriu, mas silenciou a covardia do que lhe era conveniente.

Torno a dizer que enquanto a população canapiense não tirar os olhos do próprio umbigo e passar a pensar pelo menos um pouquinho nos que estão ao seu redor, à política em Canapi será disso que estamos vivendo, a muito, mas muito pior.

Portanto! Fiquem sossegados senhores políticos, “não pegarei mais nos seus pés” enquanto blogueiro, mas não contem vitória antes do tempo não, continuarei emitindo minha opinião nas redes sociais, na esperança que um dia as pessoas desta terra possam fazer o mesmo, pois do que adianta termos o direito de emitir nossa opinião sobre o que quer que seja, se o medo nos faz calar?

Calo enquanto blogueiro diante dos desmandos políticos desta terra, porque não continuarei sendo “escudo” para covardia de ninguém, até porque, muitos dos que vejo reclamando dos políticos e de suas atitudes, são em sua maioria os mesmos que participam da imensa “romaria” que é quando o prefeito que deveria estar pelo menos três dias por semana no município, vem ao município a cada seis meses ou até mesmo uma vez por ano, e ainda é tratado como “super estar”. Calo enquanto blogueiro, mas não me calarei enquanto cidadão porque isso devo a minha consciência, e essa é a minha maior virtude.

Apesar de tudo, é bom lembrar aos amigos que o Blog Canapi Agora não acabará, continuará firme e forte, só que sem denuncias contra A ou contra B, mas com informações importantes da nossa amada terra, inclusive sobre os acontecimentos políticos.

A todos! Minha mais grata estima e consideração;
Att;
Marcio Martins



LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.